Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Noé, um semeador de cultura
06 de Agosto de 2021 às 12:13
Dentre os assuntos desta sexta da coluna de Oliveira Junior, uma breve reverência à figura do professor Noé Machado, idealizador da Feira do Livro de Santiago, recentemente falecido.
Dentre os assuntos desta sexta da coluna de Oliveira Junior, uma breve reverência à figura do professor Noé Machado, idealizador da Feira do Livro de Santiago, recentemente falecido.

Eu vivo dizendo há muuuitas horas, que pelo menos o artigo 5º da Constituição Federal deveria ser abordada no Ensino Médio. Por quê? Todos nós, quando entramos na Faculdade, ou seja, no terceiro grau, a gente chega lá completamente cru de toda e qualquer lei. Cheguei a consultar o Ministério da Educação e Cultura, MEC. Eu me refiro ao artigo 5º da CF, porque nesse estão elencados nossos direitos e deveres, isto é, aquilo que posso fazer, reivindicar, ou que tenho a obrigação de fazer. Não fui ouvido, ainda.

Não que apenas o artigo 5º da CF seja importante para nosso dia a dia. Dos 250 artigos que fazem parte da Carta Magna, eu aponto aqui também o artigo 225 da CF/88, que refere-se ao Meio Ambiente. Sim, porque todos somos parte desse, e necessitamos de um Meio Ambiente sadio. Aliás, é dever do Estado e de todos nós, a obrigação de zelar pelo mesmo, assevera o artigo 225. Trago à baila esse tema, justamente para aplaudir a Secretaria de Meio Ambiente da Terra dos Poetas a qual que efetuou o recolhimento de lixo eletrônico em vários bairros de Santiago, como por exemplo, Gaspar Dutra, Lulu Genro, Vila Rica, Santiago Pompeu, Alto da Boa Vista, Maria Alice Gomes, Itu, João Evangelista e Nei Pereira. Foram recolhidos televisores, computadores, baterias, aparelhos da linha branca e outros. Pela dificuldade de levar esses lixos eletrônicos até o centro da cidade, a secretaria foi ao encontro daquelas comunidades. Merecido parabéns à secretaria em pauta.

Não posso concluir a coluna @Serra gaúcha sem declinar meus sentimentos pela passagem do nobilíssimo professor Nóe de Oliveira Machado, o grande idealizador da Feira do Livro de Santiago, cuja primeira edição ocorreu em 1989 no shopping Boulevard Center. Que bom que em 2019, por ocasião da 21ª edição do imponente evento cultural, o Departamento de Cultura santiaguense tributou uma justa homenagem ao professor Noé. Vá em paz professor, um semeador de cultura. Com certeza, o senhor deixou um legado educacional ao amado povo do Baita Chão.


Direto da Serra gaúcha, Oliveira Junior.

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior