Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Quem é o maior? (bairro da cidade)
26 de Fevereiro de 2021 às 08:00
Mesclando dados com acontecimentos históricos, Oliveira Júnior enfoca em sua coluna desta sexta-feira, a questão de qual é o maior bairro de Santiago?
Mesclando dados com acontecimentos históricos, Oliveira Júnior enfoca em sua coluna desta sexta-feira, a questão de qual é o maior bairro de Santiago?

Olá galeríssima, fechando nossa coluna @serra gaúcha referente à fevereiro, quero me ater (infinitivo pessoal) quanto à massa populacional da nossa Terra dos Poetas. Não tenho dados exatamente atuais, todavia, baseando-me em dados do IBGE, e nem poderia ser diferente, em torno de 90% da população santiaguense reside na área urbana, o que eu chamaria de um êxodo rural. Por exemplo, há incentivos no tocante á transporte escolar para que, justamente, os jovens estudem e retornem às bases onde residem.

Mas vejo assim... Esses mesmos jovens, ao contatarem com o modernismo, acabam como que se apaixonando pela cidade, e eles próprios influenciam seus pais a deixarem o interior. Hoje, em torno de 45 mil habitantes se distribuem pelos 31 bairros da cidade, enquanto que pouco mais de cinco mil estão na zona rural. Claro, perdemos Capão do Cipó, Itacurubi e Unistalda. Não é pouca coisa.

Na quarta-feira houve o necessário desabastecimento do fornecimento de água, a fim de que fosse feita a lavagem do DET, Decantador da Estação de Tratamento da água. E dentre os 23 bairros atingidos, vi que lá estava o bairro Vila Rica, hoje, o mais populoso da cidade com mais de 2.500 moradores. Disputam a segunda posição nesse quesito, o bairro Itu e o Vila Nova, ambos margeando 2.400 residentes. Os menores são o Italaia, com pouco mais de 140 habitantes e, embora não seja um bairro, o Aeroclube, alí está o menor público da cidade, em torno de 30. Como disse, não são números precisos, mas números, projeções, sempre nos chamam a atenção.

O bairro Vila Nova, inclusive, já teve uma emissora, a rádio Itu, cuja qualidade de som realmente era muito boa e a primeira farmácia de bairro também foi na Vila Nova; a farmácia do saudoso Dr. Valentim Cardoso da Silva, e que foi vice na chapa para prefeito com o Dr. Lang, que no jingle da campanha dizia "Tem que ser assim, Dr. Lang e Valentim". Aqueles que têm alguns janeiros mais há mais que eu, relembrarão melhor. Deixo em aberto aos nossos exímios (excelentes) historiadores do baita chão, e perdão, se cometi erros, gafes, pois, como sempre digo "Eu sei a metade daquilo que sonho que penso que sei". Tmj.


Direto da Serra Gaúcha, Oliveira Junior.

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior